Verdes Hábitos

Os hábitos também se mudam. No combate ao estado de emergência climática, todas as semanas damos a conhecer novas ideias para mudar velhas rotinas. Com Sara Beatriz Monteiro e Inês André de Figueiredo.
Para ouvir todas as sextas-feiras, às 18h40.

Beldroegas na sopa ou na pele? A cosmética sustentável também se faz com ervas daninhas

São as inimigas dos jardins perfeitos, mas há quem acredite que as ervas daninhas podem ser as melhores amigas da pele. O Verdes Hábitos recebe esta semana Mariana Santos, criadora da Herbes Folles.

Urtigas, beldroegas, hipericão e tanchagem. Há quem as aprecie na sopa ou no chá, mas há também quem as utilize para fazer produtos de beleza. É o caso de Mariana Santos que, em 2020, criou uma marca sustentável, a Herbes Folles. A empresa portuguesa aproveita as ervas espontâneas - vulgarmente conhecidas como ervas daninhas - para fazer um bálsamo multiúsos, uma loção bifásica e um óleo de limpeza e quer, num futuro próximo, usá-las para criar um protetor solar.

Em entrevista ao programa da TSF "Verdes Hábitos", Mariana Santos confessa que estas plantas são frequentemente "injustiçadas" e a criação da marca é "uma forma de as homenagear".

"São plantas com propriedades medicinais, que têm um papel nos ecossistemas dos quais fazem parte, são plantas que têm alguma importância e um grande valor", sustenta.

Mariana reconhece nas "urtigas, beldroegas, papoilas, hipericão e tanchagem", bem como nos óleos vegetais de camelina, papoila branca e sabugueiro, "propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes e que já são usadas em produtos para a pele desde há muito tempo".

A sustentabilidade é um dos pilares da empresa, já que a fundadora que "o nosso planeta está cansado", sendo necessário fazer boas escolhas. "Tive sempre muito cuidado nas escolhas que fui fazendo: na escolha das etiquetas, na escolha das embalagens, na escolha dos fornecedores."

Para quem quer começar uma rotina de pele mais amiga do ambiente, Mariana Santos aconselha "eliminar os objetos de uso único", como os discos de algodão, substituindo-os por reutilizáveis; evitar as "embalagens de plástico" e "reduzir a quantidade de produtos que usamos, que muitas vezes é demasiada".

OUÇA AQUI TODOS OS EPISÓDIOS DO VERDES HÁBITOS

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de