Verdes Hábitos

Os hábitos também se mudam. No combate ao estado de emergência climática, todas as semanas damos a conhecer novas ideias para mudar velhas rotinas. Com Sara Beatriz Monteiro e Inês André de Figueiredo.
Para ouvir todas as sextas-feiras, às 18h40.

Como ter um ano mais sustentável sem "virar a vida de pernas para o ar"

A criadora da página Holística abriu a porta de casa ao programa da TSF "Verdes Hábitos" para explicar como se pode viver um ano mais sustentável.

O escotismo abriu-lhe as portas para a ecologia, mas foi na vida adulta que decidiu pôr os ensinamentos do movimento em prática, quando um problema de saúde a obrigou a deixar de comer carne. Cláudia Fonseca, a criadora da plataforma Holística e do podcast Officina, preocupa-se em ensinar uma vasta comunidade digital com viver com menos coisas e mais intenção.

Com a entrada do novo ano, a também autora do livro "Tudo Aquilo Que És" abriu a porta de casa ao programa da TSF "Verdes Hábitos" para explicar como se pode viver 2021 de forma sustentável, sem virar a vida do avesso.

Para Cláudia Fonseca, a principal resolução para uma vida mais sustentável deve ser "consumir menos de tudo", ou seja, colocar as seguintes questões: "Será que estou a desperdiçar muita comida? Tenho demasiada roupa da qual nem sequer me lembro ou de que já não gosto ou não uso? Tenho algum vício de consumo?"

A criadora da página Holística aconselha, antes de partir para ação, a fazer uma autoanálise aos hábitos e rotinas a mudar "O principal é olharmos para a nossa vida e percebermos o que estamos a consumir demasiado".

Cláudia Fonseca assegura, contudo, que "é possível fazer mudanças sem virar a nossa vida de pernas para o ar". O truque, explica, é adotar pequenos hábitos - como "levar a nossa própria palhinha, os guardanapos, os talheres para os restaurantes de fast-food" - e encaixá-los no dia-a-dia até se tornarem uma rotina.

OUÇA TODOS OS EPISÓDIOS DO VERDES HÁBITOS AQUI

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de