Vozes da Hemofilia

Durante o mês de novembro, na TSF falamos de hemofilia, uma doença que, em Portugal, tem cerca de mil pessoas afetadas. Num minuto de rádio falamos da história da doença e das curiosidades em torno dela. Ouvimos testemunhos de quem vive com a doença, falamos do papel dos médicos e o que pode fazer o SNS pelos hemofílicos.
Para ouvir, de segunda a sexta, antes das 08h00, durante o mês de novembro.

Com o patrocínio da Sobi

Hemofilia sem cura à vista, mas com uma melhor qualidade de vida

Ainda sem uma perspetiva de cura para a hemofilia, as biofarmacêuticas continuam a dedicar-se à investigação e garantem que as últimas inovações ao nível dos tratamentos que chegaram ao mercado já conseguem responder bem aos anseios dos doentes.

Apesar das inovações, o caminho para a cura é longo. A Sobi, uma dessas multinacionais, dedica-se aos tratamentos inovadores de doenças raras e ao desenvolvimento de novos medicamentos biológicos nas áreas da hematologia e da imunologia.

O diretor médico da Sobi em Espanha e em Portugal, Juan Vila, garante que há um grande investimento, mas os resultados para a cura ainda estão longe. "A cura da hemofilia é algo que todos querem. Oxalá chegaremos a ela no futuro, mas não podemos assegurar que será num curto prazo, nem médio porque as soluções definitivas estão em períodos muito embrionários da investigação", esclarece.

A Sobi não é exceção, é também uma empresa onde o investimento na área é grande: "A nossa investigação está focada em encontrar moléculas que através de medicamentos fisiológicos e naturais poderão prolongar e aumentar a proteção do paciente antes das hemorragias."

Sem garantias de cura para o futuro, o médico sublinha que, para já, a qualidade de vida dos hemofílicos melhorou exponencialmente.

A vida pessoal, profissional e social dos hemofílicos é cada vez menos afetada pelas necessidades e pelos problemas dos distúrbios hemorrágicos características da hemofilia.

Há cerca de mil portugueses que têm de lidar diariamente com a hemofilia, a investigação vai continuar, para que um dia estes doentes possam ter uma vida igual à da maioria das pessoas.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de