O futuro começa agora no Dia da Energia

Conteúdo Patrocinado. Encontra-se a decorrer o Energy Bootcamp, uma iniciativa da Fundação Galp que coloca os alunos do ensino básico e secundário a assumir um papel importante na área da energia: o de construtores de um mundo mais sustentável

Conceitos inovadores e um pitch que pode transfor­mar uma boa ideia na solução tecnológica que fará a diferença para uma sociedade mais sustentável e com energia mais eficiente. Tudo isto, par­tindo de alunos com idades entre os 6 e os 18. Este é o ambiente que se faz sentir no CEIIA, em Matosinhos, graças ao Energy Bootcamp, uma iniciativa criada pela Fundação Galp para tornar reais os projetos de centenas de alunos do ensino básico e secundário.

Ontem, decorreu a sessão de preparação das equipas da categoria Switch UP, com­posta por alunos e professores do ensino secundário das mais variadas zonas do país, que trazem projetos que visam a promoção e implementação de atitudes e práticas sustentáveis, abordando os temas da mobilidade, eficiência e tran­sição energética.

Estudantes e líderes tecnológicos

Num ambiente de concentração e foco na apresentação do dia seguinte, os jovens demonstraram, simultanea­mente, um sentimento de confiança nos projetos, que podem vir a ser a solução do amanhã, caso ganhem o primeiro prémio e o respetivo financiamento máximo de sete mil euros.

Professores, alunos e encarregados de educação têm de, em equipa, identifi­car um problema relacionado com o consumo sustentável, seja na escola, em casa ou na comunidade envolvida, e apresentar uma respetiva solução, que tem de ser pensada com base em alguns dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) definidos pela ONU, como por exemplo a garantia de energia limpa e acessível.

Estas soluções dividem-se em três cate­gorias: Missão Up, que envolve alunos do 1.º ciclo; Power Up, que se destina a alunos dos 2.º e 3.º ciclos; e Switch Up, que conta com a participação do ensino secundário.

Este ano, a iniciativa contou com a participação de 1437 escolas e contou com a receção de 150 projetos. Após um período de seleção foram escolhidos 15 projetos - cinco de cada categoria - que são hoje apresentados no pitch final junto de um júri de especialistas, num evento que contará com represen­tantes da Fundação Galp, assim como Luísa Salgueiro, Presidente da Câmara Municipal de Matosinhos e Alexandra Leitão, Secretária de Estado Adjunta e da Educação.

O Energy Bootcamp da Fundação Galp promove as melhores ideias dos alunos nacionais. Hoje, Dia da Energia, acompanhe o evento em live streaming no Facebook da Fundação Galp e conheça as grandes ideias do amanhã.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de