"Ponte 25 de Abril reúne todas as condições de segurança para ser utilizada"

A garantia é do presidente do Laboratório Nacional de Engenharia Civil, organismo que emitiu um relatório onde alertava para fissuras na ponta e a necessidade de obras urgentes.

O presidente do Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC) voltou a garantir que a Ponte 25 de Abril é segura, esta quarta-feira, no parlamente, frente aos deputados da Comissão de Economia, Inovação e Obras Públicas.

"A Ponte 25 de Abril reúne todas as condições de segurança, atualmente, para ser utilizada como tem sido, sem nenhuma restrição", assegurou Carlos Pina.

O presidente do LNEC explicou que a urgência de obras apontada num relatório conhecido em março é tem em conta um horizonte de até cinco anos, lembrando que há ainda "trâmites legais e administrativos que terão que ocorrer".

Carlos Pina insiste que não há risco de colapso da ponte e que, no imediato, também não será preciso impor quaisquer restrições de circulação.

Um relatório do LNEC a alertar para fissuras na ponte e a defender obras urgentes foi trazido a público, há cerca de um mês. Segundo a revista Visão, o relatório confidencial havia sido enviado ao Governo seis meses antes.

O Governo autorizou a 6 de março a verba de 18 milhões de euros para "trabalhos de reparação e conservação" da Ponte 25 de Abril.

Segundo a Infraestruturas de Portugal (IP), as intervenções previstas, a decorrer durante dois anos, incidem sobre elementos metálicos da ponte suspensa e em elementos de betão armado pré-esforçado do viaduto de acesso norte.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de