Três homens dados como desaparecidos podem estar entre as vítimas da derrocada

Dois cunhados que viajavam numa carrinha de caixa aberta podem estar entre as vítimas da derrocada. A GNR confirmou também que um homem de 85 anos, dado como desaparecido em Alandroal, pode também ser uma das vítimas.

Dois cunhados, residentes em Bencatel, concelho de Vila Viçosa, estão dados como desaparecidos desde segunda-feira, podendo estar entre as vítimas do deslizamento de terras para uma pedreira em Borba, disse à agência Lusa fonte da junta de freguesia.

De acordo com a mesma fonte, os homens terão indicado a familiares que iriam na tarde de segunda-feira a Borba, passando pela estrada onde ocorreu o acidente.

"O condutor da carrinha de caixa aberta e de cor cinzenta, na casa dos 50 anos, terá informado a mulher que ia à tarde [de segunda-feira] com o cunhado, na casa dos 30 anos, ao contabilista a Borba", relatou à Lusa a mesma fonte da junta de freguesia de Bencatel.

O desaparecimento dos dois homens foi comunicado à GNR por familiares.

Segundo as autoridades, o aluimento de um troço da estrada entre Borba e Vila Viçosa terá arrastado para dentro da pedreira contígua, com cerca de 50 metros de profundidade, uma retroescavadora e duas viaturas civis, um automóvel e uma carrinha de caixa aberta.

O comandante Distrital de Operações de Socorro (CODIS) de Évora, José Ribeiro, divulgou na segunda-feira que o acidente provocou, pelo menos, dois mortos, operários da empresa que explora a pedreira e alegadamente o maquinista e o auxiliar da retroescavadora, um na casa dos 40 anos e outro na casa dos 50 anos.

Além de dois cunhados dados como desaparecidos em Bencatel e que, segundo familiares citados pela junta de freguesia, terão passado na estrada, numa carrinha de caixa aberta, a GNR já confirmou também à Lusa que um homem de 85 anos, que viajava de automóvel, está dado como desaparecido em Alandroal, podendo também ser uma das vítimas.

Segundo fonte do Comando Territorial de Évora, a participação do desaparecimento do idoso foi dada na segunda-feira à GNR pela mulher, que indicou que o marido se deslocou no seu automóvel, nesse dia, a Vila Viçosa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de