Quercus

Incêndios estão a ter impacto na qualidade do ar e da água

A Quercus considera que a sustentabilidade da floresta já está comprometida.

Domingos Patacho, coordenador do grupo de trabalho das florestas, ouvido pela TSF, sublinha no entanto que os incêndios estão a ter um impacto profundo não apenas ao nível ambiental, como também ao nível social.

"Não é um problema só de destruição da floresta, é um problema ambiental muito sério", com impacto na "qualidade do ar e na qualidade da água". Para além disso, sublinha o ambientalista, há "o pânico social".

Domingos Patacho sublinha que há vários aspetos a ter em atenção para que este tipo de cenário não se repita: "Temos que ter uma floresta gerida e não ao abandonado"

"No concelho de Abrantes, foram milhares de hectares de eucaliptos geridos que arderam". Mas até aí há que retirar outra ilação: "Estamos a ter uma lição diferente, porque normalmente não arde tanta faixa gerida".
É preciso pensar nisso, diz: "É preciso ter faixa de contenção, terrenos agrícolas, vales, outras culturas que travem esta monocultura".

O vaticínio é claro: "Neste momento já esta comprometida a sustentabilidade da floresta".

  COMENTÁRIOS