Sociedade

Tricot vs Petróleo. Há uma linha vermelha a crescer contra o fracking

Em Dia Mundial da Terra, destacamos a campanha Linha Vermelha, uma ação a nível nacional de alerta para os riscos da exploração de gás e petróleo na costa portuguesa através do tricot e do crochet.

O que é que o tricot tem a a ver com exploração petrolífera? À primeira vista não parece existir grande ligação mas há um grupo de ambientalistas que está a usar o tricot como arma de protesto contra os furos de petróleo em Portugal.

Chama-se Linha Vermelha, é uma campanha nacional de alerta para os problemas da exploração de petróleo e gás na costa portuguesa e promete parar apenas quando os cinco contratos ativos em Portugal forem cancelados.

Tem 15 cm de largura e quase dois quilómetros de comprimento mas o objetivo é chegar aos 52 quilómetros. A linha vermelha, feita de lã ou linha, é tricotada por ativistas contra a exploração de petróleo e gás em Portugal.

"Utilizamos o tricot e o crochet e qualquer outra arte de tecer para fazer uma enorme linha vermelha e com isso chamarmos também a atenção para este problema. Mas mais do que isso, o tricot e crochet é uma ferramenta que utilizamos para chegarmos às pessoas que normalmente não falam desse tipo de assuntos", explicou João Costa, um dos coordenadores da campanha.

Qualquer um pode participar neste protesto pacífico e enviar pedaços de linha vermelha pelo correio ou então juntar-se às ações de rua e dar à agulha. "Tricotamos, falamos sobre o ponto da situação, mostramos alguns vídeos sobre a problemática, acima de tudo sobre o que é o fracking", contou.

O ambientalista explica que há pouca informação sobre o fracking em Portugal, uma técnica de fraturação hidráulica não convencional de exploração de gás e petróleo. "É muito importante que as pessoas saibam que isto é possível de haver em Portugal porque é uma técnica muito recente, deve ter à volta de 20 e poucos anos e a nível mundial".

A campanha Linha Vermelha exige que os cinco contratos assinados para exploração de petróleo e gás em Portugal sejam cancelados e para isso os ambientalistas viajam por todo o país para alertar a população para este problema.

A Linha Vermelha está este domingo no Earthfest em Monsanto. Quem quiser tricotar ou aprender pode aparecer para celebrar o Dia Mundial da Terra.