Poluição sem controlo nas águas subterrâneas

Alerta é da associação ambientalista que olhou para dados oficiais e encontrou níveis de poluição que afirma serem preocupantes.

A associação ambientalista Zero garante que é generalizada a poluição das águas subterrâneas em Portugal.

A afirmação tem por base a informação disponibilizada pela Agência Portuguesa do Ambiente, constatando-se "uma situação preocupante, com registo de poluição na totalidade dos 55 sistemas aquíferos com dados disponíveis", fruto, sobretudo, da presença de azoto amoniacal e de nitratos nas águas subterrâneas com origem na agricultura e pecuária intensivas.

Carla Graça, da Zero, adianta à TSF que por agora não há riscos para a saúde, pois por norma a água subterrânea usada para consumo humano é fiscalizada, mas de futuro a situação, se não for controlada, pode ser grave pois estes aquíferos são uma última reserva de água em caso de seca.

A Zero defende que a que a legislação de prevenção da poluição por nitratos é "letra morta", com 24 sistemas aquíferos com amostras que excedem os valores máximos admissíveis para os nitratos, correspondendo a 42% do total dos aquíferos analisados.

Os ambientalistas falam em "descontrolo total" e apontam o dedo à falta de intervenção das cinco Direções Regionais de Agricultura e Pescas e da Direção Geral da Agricultura e Desenvolvimento Rural.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de