Um morto e três desaparecidos em naufrágio ao largo de Espinho

O mestre da embarcação foi recolhido com vida, adiantou o porta-voz da marinha à TSF.

Um barco de pesca da Póvoa de Varzim naufragou esta segunda-feira "ao largo de Espinho", por volta das 07h00, e apenas um dos tripulantes foi já resgatado "com vida", confirmaram as autoridades à TSF, que adiantam ainda que já há um morto confirmado e continuam três pescadores desaparecidos, dois dos quais são indonésios.

"O helicóptero da Força Aérea detetou uma pessoa à superfície que fez a recolha deste tripulante que depois se confirmou ser o mestre da embarcação que foi recolhido com vida e, infelizmente, à hora temos a lamentar a recolha de um tripulante sem vida. Neste momento, prosseguem as buscas no local e temos três tripulantes desaparecidos.", adiantou o porta-voz da marinha.

À TSF, o capitão do porto da Póvoa de Varzim, Marques Coelho, adiantou que se tratava de uma embarcação "que cumpre os requisitos de segurança, faz as inspeções anuais".

"Estariam certamente na faina e o incidente poderá estar relacionado com o mau tempo, mas ainda não temos confirmação", revelou outra fonte da Polícia Marítima à Lusa, adiantando que, para resgate dos tripulantes ainda desaparecidos, "estão a ser efetuadas buscas com meios aéreos e embarcações do Instituto de Socorros a Náufragos".

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de