A abelha dá mel, e o zangão? Dá hambúrgueres!

Um grupo de docentes da Escola Superior Agrária, do Politécnico de Viseu, está, desde março, a investigar formas para aproveitar um produto inútil da colmeia. O resultado: farinha de zangão.

As abelhas dão mel? E o extrair a partir de zangões?

É o que um grupo de docentes da Escola Superior Agrária, do Instituto Politécnico de Viseu, está a investigar desde março. O estudo é recente, mas já tem resultados, e igualmente com sabor: farinha de zangão, que depois pode dar origem a biscoitos e bolachas com proteína equivalente à proteína animal.

Este projeto foi dado a conhecer na Noite Europeia dos Investigadores, que decorreu na tarde-noite desta sexta-feira no Politécnico de Viseu, e a TSF foi conhecê-lo.

O objetivo é dar uso a um produto inútil da colmeia: o zangão, que apenas fecunda a rainha de três em três anos. Cristina Amaro da Costa e a colega Paula Correia são duas docentes da Escola Superior Agrária de Viseu, que estão envolvidas no projeto. Na conversa com a reportagem da TSF, as professoras explicam como chegaram à farinha de zangão.

As professoras tentaram fazer pão, mas os biscoitos e as bolachas resultam melhor.

E o planeta agradece, afirma Cristina Amaro da Costa: "em vez de comerem um hambúrguer podem comer uma bolachinha e ficam logo com a proteína animal satisfeita. Isto pode substituir o consumo de carne, que é um processo que traz muitos problemas ambientais".

Agora só é preciso transformar a farinha de inseto em algo parecido com um hambúrguer, mas o primeiro passo está dado.

E como o próprio zangão é um animal herbívoro, ao comer hambúrgueres de farinha de zangão não há qualquer vestígio de sangue, porque se trata de um inseto que só tem linfa.

O zangão é aproveitado ainda na fase de larva, é retirado dos favos, é seco e depois triturado originando a farinha.

Este projeto da Escola Superior Agrária de Viseu esteve a ser apresentado na Noite Europeia de Investigadores a crianças do ensino básico e secundário.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de