Como assegurar os direitos das crianças? Jovens deixam recados à ministra da justiça

A TSF ouviu as mensagens que dois jovens querem deixar à ministra justiça esta terça-feira no debate "UNICEF Youth Talk".

A maioria das crianças em Portugal "vive na plenitude dos seus direitos", destaca Duarte Martins, de 17 anos, mas há sempre algo que pode melhorar.

Para assinalar o Dia Universal dos Direitos da Criança, que se celebra a 20 de novembro, três jovens vão debater com a Ministra da Justiça, Francisca Van Dunem, o papel da justiça na "promoção e defesa dos direitos da criança".

Em declarações à TSF, Duarte Martins, de 17 anos, do Grupo de Jovens da UNICEF, e Victoria Alich, de19, antecipam a mensagem que querem passar a Francisca Van Dunem.

Para garantir os direitos das crianças é preciso igualdade de oportunidades, destaca ainda o jovem, membro do Grupo de Jovens UNICEF e voluntário num Centro Social em Marvila.

Por sua vez, Victoria Alich sublinha a importância de informar as crianças sobre os seus direitos e ajudá-las a formular opiniões.

Victoria frequenta o segundo ano da Licenciatura em Administração Público-Privada, na Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra. Aos 12 anos, criou e dinamizou um projeto, cuja ideia seria criar um espaço seguro, online, onde as crianças pudessem debater compreender e aplicar os seus direitos fundamentais, de acordo com a Convenção sobre os Direitos da Criança.

Ambos vão juntar-se a Sofia Barbosa, uma das mais jovens Youtubers portuguesas, para a "UNICEF Youth Talk", esta terça-feira na sala de audiências do Tribunal de Família e Menores de Lisboa, no Campus da Justiça.

O Dia Universal dos Direitos da Criança assinala o aniversário da ratificação da Convenção sobre os Direitos da Criança em 1989.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados