Crianças de Leiria publicam livro para ouvir, sentir e cheirar

Com o lucro das vendas, a associação de pais quer financiar melhoramentos nas escolas da Reixida e de Famalicão.

Em Leiria, alunos das escolas da Reixida e Famalicão transformaram a lenda do milagre das rosas num livro para invisuais, que até inclui uma flor com cheiro. A edição reúne texto aumentado, braille, pictogramas, imagens táteis e um código para as versões em áudio e língua gestual portuguesa. Destina-se a invisuais, surdos e crianças com incapacidade intelectual, que assim têm acesso à história do Rei D. Dinis e da Rainha Santa Isabel.

A iniciativa é da Associação de Pais das Escolas da Freguesia de Cortes, com o contributo da ilustradora Tânia Lopes e da investigadora Célia Sousa, do Centro de Recursos para a Inclusão Digital do Instituto Politécnico de Leiria.

Desenvolvido ao longo de um ano, o projeto envolveu 96 crianças dos 3 aos 10 anos de idade. Com o lucro das vendas - 1.000 exemplares, a 10 euros cada - a Associação de Pais quer financiar melhoramentos nas escolas da Reixida e Famalicão.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados