"Há dois anos atrás", "mau-estar" e outros erros que têm que "acabar de vez"

Será que escrevemos (e falamos) de forma correta? O jornalista Fernando Alves e a autora Sara de Almeida Leite conversam sobre os pontapés que muitos dão na língua portuguesa.

São 150 erros, deslizes e tropeços gramaticais explicados num livro que pretende acabar com os maus tratos à língua portuguesa. A autora da obra "Para Acabar de Vez com o Mau Português", Sara de Almeida Leite, esteve à conversa com o jornalista Fernando Alves, nas manhãs da TSF, para explicar em que é que os portugueses mais erram na oralidade e na escrita e porque é que o fazem.

Ao folhear as páginas do livro vai encontrar exemplos de deslizes como "Sinto um certo mau-estar", "O voo foi cancelado derivado ao mau tempo", "Isto pode despoletar uma crise internacional", "Há dois anos atrás", "A minha candidatura vai de encontro aos interesses da população" e "Agora deiam as mãos".

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados