Melhor professor do ano criou formas de manter os alunos sempre atentos nas aulas

O professor de História procura soluções criativas, individuais ou em grupo, para que os alunos se mantenham interessados na matéria.

Rui José Antunes é professor de História na Escola Básica de Santo Onofre, nas Caldas da Rainha, e foi considerado o melhor professor do ano pela forma como consegue otimizar os ciclos de atenção dos alunos.

O professor utiliza "várias metodologias interativas, descontraídas e low-tech" e recorre a "instrumentos muito simples" para otimizar os "ciclos de atenção dos alunos, obtendo total rendimento na captação da atenção".

Na sala de aula, Rui recorre a várias atividades práticas que apelam a soluções criativas de problemas, a nível individual ou em grupo.

"São exemplo de técnicas: páginas amarelas onde os alunos fazem resumo do que é dado em cada 15 minutos, o meuquadrobranco.blogspot.com , onde são publicados os melhores resumos como prémio, mini whiteboards e copos semáforo para recolha de feedback de alunos do entendimento da matéria dada em tempo real, dados de 30 faces para promoção da participação de todos, debates-tema", pode ler-se na descrição do projeto.

Com a vitória na segunda edição do Global Teacher Rize Portugal, Rui José Antunes recebeu um prémio de 30 mil euros "e fica com acesso facilitado à próxima edição mundial do prémio".

A menção honrosa foi atribuída à professora Maria Inês Rodrigues, docente de Línguas do ensino profissional no Agrupamento de Escolas n.º 1 de Gondomar, pelo desenvolvimento de "projetos de educação que contribuem para o desenvolvimento social, associados à energia e à concretização dos objetivos globais de sustentabilidade".

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados