"Perplexos". É como se sentem colégios privados

O diretor da AEEP acusa o governo de ter tido "uma vitória na secretaria", de manter uma atitude drástica que deixa os colégios "perplexos".

Depois de escutar as palavras de secretária de Estado da Educação, esta manhã no Fórum TSF, o diretor da Associação de Estabelecimentos do Ensino Particular e Cooperativo (AEEP), Rodrigo Queiroz e Melo disse que "ouvimos um membro do governo em direto, a meter medo à população, a mandar avisos aos pais", para não matricularem os filhos nas escolas que perdem contrato.

"Isto é inaceitável", afirma Rodrigo Queiroz e Melo. "Queremos desmascarar uma tentativa de causar pânico nas pessoas", quando se saber que a Escola Pública pode em qualquer momento aceitar transferências de alunos.

Rodrigo Queirós e Melo perplexo com decisão do governo

00:0000:00

Assim, a AEEP reitera a matricula dos alunos na expectativa de que os tribunais possam resolver a questão até ao início do ano letivo 2016/201, em setembro.

Por outro lado, nas reuniões marcadas para esta semana com o governo não estão incluídas as associações dos colégios, denuncia Rodrigo Queiroz e Melo.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de