Um milhão de árvores queimadas vão a leilão

Mega-leilão tenta arrecadar mais de 4 milhões de euros. Só da Mata Nacional de Leiria são 300 mil árvores queimadas.

O Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) faz esta quinta-feira de manhã em Viseu o maior leilão de árvores queimadas desde os incêndios de 2017.

O critério de adjudicação é o preço mais alto por lote e a hasta pública inclui mais de uma centena de lotes com material queimado em seis matas nacionais e mais de vinte zonas sujeitas ao regime florestal.

Pelas contas da TSF aos cadernos de encargos, vão a leilão cerca de 1,2 milhões de árvores, a grande maioria pinheiros, com um preço base de 4,4 milhões de euros, na terceira hasta pública desde os fogos, depois de uma primeira ter ficado quase vazia de propostas.

Os preços variam muito de leilão para leilão, mas se fizermos a conta às árvores nesta quinta-feira a leilão têm um preço base, cada uma, em média, inferior a 4 euros.

Desmentindo qualquer ideia de cartelização dos madeireiros para baixar o preço, a Associação Nacional de Empresas Florestais, Agrícolas e do Ambiente adianta à TSF que teme que este terceiro concurso, o maior já realizado depois dos fogos, volte a não ter os candidatos pretendidos pelo Estado.

Tal como na primeira hasta pública, a associação explica que os madeireiros estão com um problema de excesso de madeira queimada, sem mãos a medir com tanto trabalho a cortá-la e retirá-la dos terrenos por onde o fogo passou, nem forma de a escoar, numa altura em que a madeira queimada continua a estragar-se.

Mais de 300 mil pinheiros da Mata Nacional de Leiria

Dos mais de um milhão de árvores que vão esta quinta-feira a leilão, perto de 300 mil pinheiros são da Mata Nacional de Leiria com um valor base de licitação que ultrapassa os 2 milhões de euros.

Se este leilão correr bem ao Estado, com ofertas para todos os lotes disponíveis, esta quinta-feira marcará o início da retirada de muitas das árvores históricas e agora queimadas do Pinhal de Leiria.

Das matas nacionais com árvores a leilão, há ainda leilões para as matas de Pedrógão, Urso, Quiaios e Vagos, num total de outras quase 200 mil árvores.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de