Governo garante que reforçou apoio à comunidade portuguesa na Venezuela

Em resposta às críticas do antecessor, o secretário de Estado das Comunidades reconhece a gravidade da situação no país, mas assegura que o Governo está a fazer o que pode.

O Governo tem consciência da gravidade da situação da comunidade portuguesa na Venezuela. O secretário de Estado das Comunidades considera mesmo que "a situação é tão grave que exige uma total convergência de todos os responsáveis políticos", na identificação dos problemas e na resposta que é preciso dar. Ainda assim, José Luís Carneiro garante que o Governo reforçou o apoio à comunidade de emigrantes.

O antigo secretário de Estado das Comunidades, o deputado social-democrata José Cesário, denuncia uma situação dramática, com falta de comida e medicamentos. De visita à Venezuela, José Cesário defendeu que o Governo precisa de fazer mais.

Em declarações à TSF, o atual secretário de Estado defende que é preciso uma mobilização de todos os responsáveis políticos para resolver a situação, mas garante que o apoio à comunidade portuguesa foi reforçado.

Entre as medidas tomadas, José Luís Carneiro destaca o reforço dos canais diplomáticos e consulares, o aumento do número de funcionários, a facilitação do processo de pedido de apoio social para emigrantes carenciados e o apoio médico para os portugueses que regressam sem retaguarda familiar.

O secretário de Estado das Comunidades lembra ainda que, por reconhecer a gravidade da situação, no último ano e meio esteve três vezes na Venezuela e recentemente também o ministro dos Negócios Estrangeiros visitou o país e contactou com a comunidade.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de