Governo promete quase duplicar vigilantes da natureza

Ministério do Ambiente apresenta Plano de Vigilância Ativa das Áreas Protegidas para 2018.

O governo promete alargar até 200 o número de vigilantes da natureza em todo o país. A meta é adiantada à TSF pela Secretária de Estado do Ordenamento do Território e da Conservação da Natureza, Célia Ramos, no dia em que é apresentado o Plano de Vigilância Ativa das Áreas Protegidas para 2018.

Célia Ramos explica que as prioridades continuam a ser travar os efeitos negativos do turismo nestas áreas e proteger as espécies protegidas, mas também evitar os incêndios, com várias ações de informação e sensibilização das populações.

Quanto ao número de vigilantes da natureza, 20 novos funcionários estão a concluir a primeira fase de formação. Outros 30 vigilantes devem estar contratados no segundo trimestre do ano, num processo que teve 1.215 candidatos.

Outros 25 vigilantes serão contratados mais tarde, sendo que a meta do governo é passar dos iniciais 117 vigilantes da natureza para 200 em 2019.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de