Histórias do Exílio: "Faltava luz. Na Holanda é tudo muito escuro"

É apresentado esta quinta em Lisboa o livro "Exílios - Testemunhos de exilados e desertores portugueses na Europa (1961-1974)". A TSF ouviu o testemunho de quem teve de fugir.

Rui Mota está grato aos holandeses pela forma como foi acolhido. Em 1966, sentiu que tinha de fazer uma escolha. "Só restavam duas possibilidades. Ir para a tropa e muito provavelmente para a guerra ou sair do país". Escolheu o exílio.

O jornalista Joaquim Ferreira conversou com Rui Mota, que viveu oito anos exilado na Holanda.

00:0000:00

Primeiro em Inglaterra, durante pouco tempo, e depois na Holanda. O primeiro ano foi difícil, mas logo que conseguiu regularizar a situação, os holandeses facilitaram a integração. "Fui muito bem acolhido. A partir do momento em que obtive a licença de estadia foi relativamente fácil arranjar emprego. Em 1968 concederam-me uma bolsa para estudar a língua. Posteriormente consegui uma segunda bolsa para estudar na Universidade e fiz lá o meu curso de Antropologia".

A esta distância, Rui Mota diz que se sente grato à Holanda e aos holandeses.

Nos primeiros anos de exílio matava saudades de casa escrevendo quase sempre sobre coisas fúteis; "cartas e postais inocentes a falar do tempo e de outras coisas parecidas. Alguma dessa correspondência nunca chegou. Imagino que tenha sido desviada algures".

Durante o exílio, Rui Mota não sentiu falta apenas de pessoas. "O clima de Portugal é bastante melhor que o da Holanda e sentia a falta de luz. Há pouca luz na Holanda. É tudo muito escuro".

Rui Mota estava a terminar o curso na Holanda quando os militares derrubaram a ditadura. Depois conseguiu lá um emprego. Regressou a Portugal em 1996.

É apresentado esta quinta em Lisboa o livro "Exílios - Testemunhos de exilados e desertores portugueses na Europa (1961-1974)". A TSF ouviu o testemunho de quem ajudou muitos a passar a fronteira.

Veja também:
Histórias do Exílio: "Sabiam que nunca mais podiam voltar"

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de