estacionamento

A EMEL não perdoa. "Segunda fila não é opção"

O estacionamento em segunda fila é considerado uma contraordenação leve à qual está associada uma coima que pode chegar aos 150 euros

"Segunda fila não é opção", a campanha lançada há um mês pela Câmara de Lisboa, pela EMEL, pela Polícia Municipal e pela Carris quer levar os condutores a perceber a dimensão dos problemas criados pelo estacionamento em segunda fila.

No ano passado, foram contabilizados mais de 900 minutos de atraso nos transportes públicos da capital por causa deste tipo de infração. Para além de sensibilizar os condutores, a EMEL, promete intensificar as ações de fiscalização em algumas zonas de Lisboa.

O estacionamento em segunda fila é considerado uma contraordenação leve à qual está associada uma coima que pode chegar aos 150 euros