resgate

Já está em águas espanholas a embarcação que esteve à deriva em Caminha

Porta-voz da Marinha garante que os dez tripulantes estão "bem e confortáveis".

O barco de pesca que estava à deriva ao largo de Caminha desde quinta-feira e que começou a ser rebocado na sexta-feira entrou este sábado em águas espanholas, prevendo-se a chegada a Vigo pelas 00h00 locais.

"Cerca das 17h00 a embarcação encontrava-se a 25 milhas, cerca de 48 quilómetros do porto de Vigo. Se mantiver a velocidade deverá chegar ao porto daquela cidade da Galiza cerca das 00h00 (hora local, 23h00 em Lisboa)", afirmou à Lusa o porta-voz da Marinha portuguesa, comandante Fernando Fonseca.

Aquele responsável adiantou que "os dez tripulantes a bordo estão bem e confortáveis".

O porta-voz da Marinha referiu ainda que, "com a entrada em águas de responsabilidade espanhola, a operação deixou de ser acompanhada pela corveta Jacinto Cândido, da Marinha portuguesa.

O barco "Vila do Infante", de um armador de Vila Praia de Âncora, em Caminha, distrito de Castelo Branco, estava à deriva desde a manhã de quinta-feira sem energia, com dez tripulantes a bordo, a cerca de 160 quilómetros daquele concelho do Alto Minho. Na sexta-feira, começou a ser rebocado cerca das 8h00 rumo ao porto de Vigo.

Segundo o Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Lisboa (MRCC Lisboa), a tripulação é composta por cinco portugueses e cinco indonésios.

  COMENTÁRIOS