Sociedade

Barcos solares de Olhão vencem prémio de defesa do ambiente

A empresa Sun Concept lançou há dois anos e meio o primeiro barco movido a energia solar e foi agora distinguida com o prémio Green Project Awards na categoria Mar.

"Aqui já temos uma peça feita, aquele casco tem uma zona mais funda, a meio...". João Bastos faz a explicação e anda pelo estaleiro a mostrar o novo barco que está a ser construído. É um catamarã de 12 metros e o segundo barco concebido pela Sun Concept que se move a energia solar.

O diretor-geral da empresa considera que a construção deste catamarã foi o salto necessário depois do sucesso que teve a primeira embarcação. "Este é um modelo diferente, maior e com capacidade de navegação em off-shore", sublinha.

O primeiro barco, com sete metros, destinado a andar em águas calmas já teve uma série de encomendas e foi vendido para várias empresas que se dedicam aos passeios marítimo-turísticos um pouco por todo o país.

A Sun Concept recebeu na última semana o prémio dos Green Project Awards na categoria Mar. Uma distinção por ter concebido estes barcos amigos do ambiente.

"A sustentabilidade na náutica é a premissa mais importante da empresa", garante João Bastos, realçando que este foi um projeto pioneiro em Portugal e no mundo.

No seu interior, estes barcos têm painéis para energia solar que carregam as baterias que, por sua vez, lhes dão autonomia para um dia inteiro.

O barco mais pequeno custa entre 40 a 50 mil euros, o catamarã já vai para mais de 250 mil, mas o diretor geral da Sun Concept defende o investimento vale a pena. "Não usa combustível, praticamente não tem manutenção e é um barco silencioso, que não tem cheiros, que é ideal para observação de aves ou para estar a conversar sem ouvir quaisquer ruídos", argumenta.

Estes barcos silenciosos movidos a energia solar vão estar, a partir deste sábado, numa feira em Dusseldorf. Uma ação já direcionada para o mercado exterior. "Estamos a utilizar tecnologia de ponta e sim, temos que internacionalizar, é um dos nossos objetivos para 2018".