Automóveis

Carros Porsche "invadem" o Museu do Caramulo

O Museu do Caramulo, em Tondela, inaugura este sábado a exposição "Porsche: 70 anos de inovação", que dá a conhecer aos visitantes a história da marca alemã através de 15 veículos.

Para a mostra, que está a ser preparada há um ano, a direção do espaço museológico tentou selecionar os "modelos emblemáticos" e "as melhores versões de cada modelo". "Tentámos também ter coisas diferentes, para que quem não é especialista em automóveis ou na marca Porsche percebesse que a marca não é só carros", explica Salvador Patrício Gouveia, da direção do Museu do Caramulo.

"Temos tratores, carros de corrida, de criança e sem ser de corrida. Temos aqui Porsche com formas estranhas que se as pessoas os vissem na rua não diriam que eram Porsche e tentámos criar essa variedade", acrescenta.

Entre os 15 carros expostos, há apenas um que não é português. Um 550 Spyder, propriedade de um cidadão espanhol, que é o veículo mais caro e mais raro entre as viaturas que estão em exposição.

"Não há nenhum em Portugal, é um automóvel muito raro, muito difícil de se arranjar, e conseguirmos ter a sorte de conhecer uma pessoa que tinha um e que simpaticamente nos emprestou para vir aqui a Portugal. É uma das joias da coroa desta exposição e uma oportunidade para quem gosta de automóveis e da Porsche para vir vê-lo porque ele não vai estar cá para sempre", afirma Salvador Patrício Gouveia.

A mostra "Porsche: 70 anos de inovação" é inaugurada este sábado, pelas 17h00, e pode ser vista até 27 de outubro.

  COMENTÁRIOS