Sociedade

Celebrar o vinho verde na Alfândega portuense

Mais de 300 referências em prova de 33 produtores presentes e um programa recheado de várias iniciativas dão o mote para o Vinho Verde Wine Fest.

A animação não vai faltar durante quatro dias (entre 12 e 15 de julho) de animação na Alfândega do Porto. Em tempo de verão, o Vinho Verde Wine Fest está de regresso ao vasto palco da beira-rio, onde várias zonas de convívio e de lazer convidam a apreciar um produto único, ao som da música escolhida por 'dj"s' convidados.

Durante estes quatro dias de celebração do vinho verde e de promoção da região, mais de três dezenas de produtores vão apresentar, 'in loco', as novas colheitas, parte integrante do alargado portefólio de vinhos brancos, tintos, rosados e espumantes disponíveis em prova.

Para além das harmonizações, com pitéus confecionados por seis restaurantes e petisqueiras, haverá provas sensoriais, que lançam um desafio à descoberta dos aromas e identificação dos diferentes perfis de vinho.

Uma novidade deste certame e que, certamente, não deixará de atrair os apreciadores que terão, deste modo, oportunidade de saborear queijos e chocolates harmonizados com diferentes castas.

Uma verdadeira experiência, entre outras, a comprovar a versatilidade dos vinhos verdes; aliás, testada igualmente por um 'barman' profissional, que combina diferentes ingredientes na criação de 'cocktails' exclusivos ao longo de todo o evento.

A pensar nas famílias, o programa do dia 14 de julho (sábado), preenchido de manhã com uma concentração de motos antigas no parque da Alfândega, é dedicado às crianças, que têm acesso gratuito entre as 12 e as 16 horas. 'Ateliers' de plantação, provas de aromas e sabores para ​​​​​​​iniciação à descoberta sensorial, «workshops» de culinária e muitas outras atividades divertidas constam do programa.

No domingo (dia 15 de julho), a concentração de automóveis clássicos, durante a manhã, no parque de estacionamento da Alfândega, é oportunidade soberana para os amantes das velhas máquinas ou simples curiosos apreciarem algumas relíquias e, certamente, fazerem, em fim de festa, um brinde com vinho verde ao automóvel.

  COMENTÁRIOS