Festas em prisões transmitidas no Facebook. Haverá sanções para os reclusos

A Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais (DGRSP) tem conhecimento das imagens transmitidas na internet e confirma que estão a ser tomados os devidos procedimentos.

Um grupo de reclusos da prisão de Vale de Judeus, em Alcoentre, e outro da cadeia de Linhó, fizeram uma festa e partilharam imagens nas redes sociais. A Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais garante que haverá sanções disciplinares.

O Jornal de Notícias revela na edição desta segunda-feira imagens de uma festa numa cela da cadeia de Vale de Judeus, em Alcoentre, filmada com um telemóvel de um recluso. Vídeo que acabou por ser publicado no Facebook. Já no sábado tinha sido divulgado um outro vídeo, no EP do Linhó, um recluso filmou e publico em direto o vídeo de uma festa no pátio da Ala A.

Questionada pela TSF, a Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais (DGRSP) diz que "conhece as imagens e a situação a que reporta o vídeo do Estabelecimento Prisional de Vale de Judeus, assim como tem identificado o autor e quem o divulgou, tendo já havido procedimentos disciplinares legalmente previstos".

Acrescenta ainda que "quer o recluso que filmou e divulgou as imagens, captadas durante o recreio da manhã de sábado no Estabelecimento Prisional do Linhó, quer os outros reclusos que aparecem nas imagens estão devidamente identificados ​​​​​​​e serão objeto de procedimento e subsequentes sanções disciplinares, as quais poderão ir, consoante o grau de participação da cada um no ilícito disciplinar, até ao internamento em regime de segurança".

A Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais diz ainda que já identificou o modelo legal de comunicações consentidas aos reclusos (uma chamada telefónica por dia durante 5 minutos) que entende estar desadequada da realidade. Está já a ser trabalhado novo quadro legal que contempla um novo paradigma de comunicação com os familiares dos reclusos, em linha com as soluções preconizadas noutros países da Europa e que garantem mais comunicações aos reclusos e menos comunicações ilegais, do mesmo passo atacando o problema do tráfico de telemóveis.

LER MAIS:

- "Não pode nem deve acontecer." Reclusos transmitem em direto festa de aniversário na cadeia

- Diretora da cadeia de Paços de Ferreira demite-se após festa de reclusos

Continuar a ler