IPMA

Furacão Leslie pode trazer ventos com 100km/h e ondas até 12 metros na Madeira

Ventos fortes, precipitação e mar muito agitado é a previsão para o dia de sábado no arquipélago. A TAP cancelou ou antecipou vários voos para a ilha.

O Furacão Leslie está a dirigir-se para leste-nordeste e espera-se que passe a norte da Madeira durante o dia de sábado.

Segundo o IPMA, o fenómeno meteorológico poderá atingir o arquipélago de forma mais ou menos intensa de acordo com a distância a que se aproximar das ilhas, o que atualmente ainda não pode ser avaliado.

De acordo com a meteorologista Ilda Novo a maior probabilidade, no entanto, é que ele se desloque relativamente afastado, cerca de 200 quilómetros e, desta forma o território será afetado "de uma forma mais suave". " Mesmo assim, o vento pode atingir rajadas de 110 km/hora nas terras altas e no mar as ondas podem chegar a 5/7 metros, com picos que podem chegar aos 10/ 12 metros", afirma a meteorologista.

Apesar destas condições poderem agravar-se e haver ventos mais intensos, " esse não será o cenário mais provável".

As próximas previsões darão mais certezas e serão atualizadas através do Centro Nacional de furacões de Miami bem como de outros modelos de previsão. "A Madeira estará sob vigilância continua do IPMA", garantiu Ilda Novo à TSF.

TAP cancela voos

A TAP antecipou três voos previstos para partirem no sábado de manhã da Madeira e cancelou a operação no arquipélago naquele dia até às 18h00 devido ao mau tempo provocado pela passagem do furacão Leslie.

Questionada pela agência Lusa, fonte oficial da TAP indicou que "os três primeiros voos com partida da Madeira amanhã [sábado] - dois para Lisboa e um para o Porto - são antecipados e terão as suas partidas da Madeira a verificarem-se na noite de hoje".

"A restante operação da TAP de e para a Madeira no dia de amanhã [sábado], até às 18h00, é cancelada", acrescentou a mesma fonte.

"De forma a proteger os passageiros com voos entre a Madeira e o continente reservados para o dia de amanhã [sábado], a TAP aumentou a capacidade num total de 14 voos de hoje e de domingo, passando a operar com aviões com maior capacidade do que os inicialmente previstos, de forma a acomodar os passageiros afetados", afirmou ainda à Lusa a fonte oficial da TAP.

A fonte adiantou que "os passageiros com voos reservados para o dia de amanhã [sábado] estão a ser contactados pela TAP de forma a encontrar as melhores alternativas para poderem realizar as suas viagens", e vincou que a empresa "continuará a acompanhar o evoluir das condições meteorológicas e previsões na Madeira, adaptando a sua operação de forma a proteger todos os passageiros".

  COMENTÁRIOS