Especial Incêndios

Especial TSF Incêndios 2017
nacional

Mais de 150 bombeiros combatem novo fogo em Monchique

O incêndio surge apenas cerca de um mês depois de um grande fogo ter atingido o concelho algarvio e alastrado para os concelhos vizinhos.

Um incêndio deflagrou, na noite desta sexta-feira, em Monchique, no distrito de Faro. No combate às chamas estão mais de 150 bombeiros, apoiados por cerca de 50 viaturas, segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil.

O incêndio começou na localidade de Palmeira e lavra, em zona de mato, desde as 20h50, segundo os dados da Proteção Civil.

O comandante Vaz Pinto, do Comando Distrital de Operações de Socorro de Faro, adiantava às 23h30 que o incêndio continuava ativo com duas frentes, mas que estas estavam "a ceder aos meios". Para já, não há habitações em risco.

O incêndio deflagrou numa "bolsa do grande incêndio [de agosto, em Monchique], que não ardeu", numa "área de elevada perigosidade", declarou.

Trata-se de uma zona com "muito edificado, muitas habitações, e também com uma vegetação muito densa, em que as projeções são o principal problema".

Outra dificuldade deve-se ao facto de o terreno ter muita pedra, dificultando a chegada dos meios à frente de fogo, acrescentou o responsável.

Este incêndio surge apenas cerca de um mês depois de grandes fogos terem afetado o concelho algarvio de Monchique, entre 3 e 10 de agosto, e alastrado para os concelhos vizinhos de Silves, Portimão e Odemira. O incêndio destruiu perto de 28 mil hectares.

  COMENTÁRIOS