Lua de sangue

Judeus ortodoxos acreditam que lua de sangue mudará história de Israel

A "lua de sangue" de dia 27 terá impacto na história de Israel, dizem elementos ortodoxos, baseados na história.

A última das quatro luas que formam a tétrade de 2014-2015 acontecerá a 27 de setembro - a chamada "superlua de sangue" (quando a Lua atinge o ponto máximo de aproximação da Terra).

Bob O"Dell e Gidon Ariel, fundadores do grupo ortodoxo "Root Source", dizem que o facto dessa "lua de sangue" coincidir com o primeiro dia de Sukkot, ou a Festa dos Tabernáculos, não deve ser ignorado (será a quarta vez em dois anos, que uma "lua de sangue" acontece num dia santo judaico).

Os elementos do "Root Source" dizem que sempre que aconteceu uma tétrade surgiram mudanças históricas significativas para o povo judeu: 1428-1429, 1493-1494, 1949-1950 e 1967-1968.

"Não estamos a prever o fim do mundo nem a chegada do Messias em setembro", disse O"Dell. "Mas se olharmos para todas as luas de sangue que ocorreram na história, veremos que marcaram "pontos de viragem" na história do povo judeu."

  COMENTÁRIOS