Ligações fluviais entre Barreiro e Lisboa interrompidas ao fim de tarde devido a greve

De acordo com a FECTRANS, a greve deve-se a "aspetos de organização do trabalho e desempenho de tarefas", assim como relativas à valorização das carreiras dos trabalhadores comerciais que, dizem, "a administração teima em não resolver".

As ligações fluviais entre o Barreiro e o Terreiro do Paço, em Lisboa, serão interrompidas entre as 17h55 desta segunda-feira e as 08h25 de terça-feira, devido a uma greve dos trabalhadores comerciais da Soflusa.

Esta segunda-feira, o terminal fluvial do Barreiro estará encerrado a partir das 17h55, e o do Terreiro do Paço a partir das 18h20, não se realizando as travessias agendadas a partir desses horários.

No primeiro dia de 2019 será possível realizar travessias entre as 08h25 e as 17h25 do Barreiro para o Terreiro do Paço e, no sentido inverso, (do Terreiro do Paço para o Barreiro) entre as 08h55 e as 17h55. Depois disso, os terminais fluviais voltar a encerrar.

De acordo com a Federação dos Sindicatos dos Transportes e Comunicações (FECTRANS), a greve deve-se a "aspetos de organização do trabalho e desempenho de tarefas", assim como relativas à valorização das carreiras dos trabalhadores comerciais que, dizem, "a administração teima em não resolver".

O Terreiro do Paço acolhe hoje, a partir das 22h00, concertos e um festival pirotécnico, para assinalar a chegada de 2019.

Continuar a ler

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de