Mais de um ano depois, quase metade da madeira queimada continua por vender

Venda de material lenhoso de quatro matas nacionais rendeu até agora 15 milhões de euros ao Estado.

Quase metade da madeira queimada nas matas nacionais do Centro Litoral levada a leilão continua por vender.

O Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural detalha que a taxa de venda do material lenhoso nas quatro matas nacionais da região Centro Litoral ronda os 57% depois de sete hastas públicas realizadas em 2018.

Estão ainda por vender um total de 910 mil metros cúbicos de madeira. Destaque para os 312 mil da Mata Nacional de Leiria, 250 mil da Mata Nacional das Dunas de Quiaios, 198 mil da Mata Nacional do Urso e 150 mil da Mata Nacional do Pedrógão.

Numa resposta, a que a TSF teve acesso, enviada a uma pergunta escrita do grupo parlamentar do CDS, o Governo acrescenta que, até ao momento, a venda de material lenhoso nestas matas nacionais rendeu 15 milhões de euros, receita que será investida na Mata Nacional de Leiria.

O Ministério explica que tem dado prioridade à venda das madeiras de maior qualidade e que as operações de arborização previstas para a história Mata Nacional de Leiria deverão demorar 5 a 6 anos. Recorde-se que as quatro matas nacionais foram atingidas pelos maiores incêndios já registados em Portugal, há mais de um ano, a 15 de outubro de 2017.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de