Sociedade

O Pão que o Diogo amassou

Ao fim de um ano de abertura, a padaria artesanal Gleba já fabrica 500 quilos de pão por dia.

"Pão que sabe a pão", é talvez a expressão que melhor identifica o que pode comprar na Gleba - a padaria de Alcântara acabou de fazer um ano. O sonho do jovem padeiro Diogo Amorim vai levedando à medida que o tempo passa e os clientes aumentam. Só com fermentação natural.

A receita parece simples. Comprar os grãos a produtores portugueses. A moagem é feita na padaria. Diogo só usa produtos nacionais e só vende pão de quilo.

Milho branco, trigo barbela, trigo alentejano de Elvas e centeio de Trás-os-Montes. Vai ao forno e come-se à fatia. E dura...