Marcelo vai passar Natal junto de crianças com cancro nos contentores do São João

Marcelo vai passar o Natal ao Hospital de São João com as crianças que lutam contra o cancro. O presidente da Acreditar considerou indigno que as crianças passem o Natal em contentores e pediu ajuda ao Presidente da República que respondeu que o que podia fazer de imediato era passar o Natal no Porto com as crianças.

O Presidente da República saiu de Coimbra com um pedido do presidente da Acreditar - a Associação de Pais e Amigos das Crianças com cancro. Sobre os contentores da ala pediátrica oncológica do Hospital de São João no Porto, João Bragança pediu a intervenção do Presidente da República para que as crianças não passem o natal em contentores, que considera "indignos".

"Aquilo que eu desejo é que nos dê a melhor prenda de natal que podemos ter: que as crianças passem o Natal que não em contentores indignos", lançou João Bragança.

Perante o desafio, Marcelo Rebelo de Sousa não hesitou. O Presidente da República vai passar o Natal ao Hospital de São João: "O que é que eu posso dizer? No dia 25 de dezembro irei ao Hospital de São João para passar o dia de Nata com as crianças que lá estão".

Numa sala cheia de crianças, pais e amigos da Acreditar, Marcelo Rebelo de Sousa lembrou ainda a importância do voluntariado e da falta que lhe faz por, neste campo, estar parado há algum tempo. "Sou voluntário, mas o meu voluntariado está parado por um tempo. Tenho uma admiração imensa por todos vós", disse.

Marcelo Rebelo de Sousa referiu ainda que, este Natal, "era um natal especialmente triste, porque ia passar sem os filhos e sem os netos, mas de repente encontro aqui tenho Fihos e tantos netos que tornam o meu Natal feliz".

O Presidente da República diz que tem de ter um coração enorme, porque no coração dele têm de caber mais de 10 milhões de portugueses que vivem cá dentro e mais de 10 milhões de portugueses que vivem lá fora.

Continuar a ler

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de