Sociedade

Professor português finalista de prémio internacional

Criador da "School In A Box" finalista de prémio internacional para os melhores professores do mundo.

João Couvaneiro, um professor de história no Colégio dos Plátanos, Rinchoa, foi nomeado como um dos 50 finalistas para o prémio Varkey Foundation Global Teacher Prize 201. Na sua terceira edição, o prémio no valor de 1 milhão de dólares é o maior em sua categoria.

Os 50 finalistas foram selecionados entre 20 mil nomeações e candidaturas provenientes de mais de 179 países de todo o mundo.

Os 50 finalistas contam com representantes de 37 países e, ao destacar as suas histórias, a Varkey Foundation espera que o público seja capaz de participar em debates apaixonados sobre a importância dos professores. O vencedor será anunciado no Global Education and Skills Forum, no Dubai, no domingo, dia 19 de março de 2017.

João Couvaneiro nasceu numa família de professores em Portugal. Esteve sempre empenhado em ajudar os outros a aprender, recorrendo ao ensino formal e a esforços externos. Quando tinha 18 anos, criou uma empresa que prestava serviços educativos e eventos culturais e geria a mesma com amigos enquanto estudava na universidade. Os seus métodos de ensino recorrem a tecnologia para criar confiança e competência. Os seus alunos realizaram filmes sobre temas históricos e prepararam um guia digital e guias áudio para o museu local. Eles tiraram grandes benefícios da iniciativa, e a sua escola subiu algumas posições nas tabelas classificativas. O João está envolvido no projeto "School In A Box" em Moçambique, um projeto de envolvimento da comunidade digital que utiliza tecnologia para melhorar a aprendizagem na sala de aula. Trata-se de uma solução de ensino móvel alimentada por energia solar, destinada a locais remotos sem acesso a eletricidade.

O prémio Global Teacher Prize foi criado para reconhecer um professor excecional que tenha contribuído significativamente para a profissão, bem como para destacar o importante papel que os professores desempenham na sociedade. Ao revelar milhares de histórias de heróis que transformaram as vidas dos jovens, o prémio visa dar vida ao excecional trabalho de milhões de professores em todo o mundo.

Os 50 professores finalistas já foram avaliados pela Comissão do Prémio, sendo os 10 finalistas anunciados em fevereiro de 2017. O vencedor será, em seguida, escolhido de entre os 10 finalistas pela Global Teacher Prize Academy. Todos os 10 finalistas serão convidados a comparecer na cerimónia de entrega de prémios no Global Education and Skills Forum (GESF) no Dubai, a ser realizada domingo, dia 19 de março do próximo ano, na qual o vencedor será anunciado.

  COMENTÁRIOS