"Teimoso como um burro!" O dia de um animal incompreendido

No Dia Internacional do Burro, a TSF falou com um dos portugueses que mais trabalho tem feito para preservar a espécie e fomentar a utilização deste animal nos trabalhos agrícolas.

João Brandão Rodrigues é veterinário em Trás-os-Montes, responsável pela Associação Portuguesa de Tração Animal, com sede no Instituto Politécnico de Bragança, e o único português membro da Fundação Inglesa Donkey Sanctuary, que trabalha com o burro no mundo inteiro.

Neste Dia Internacional do Burro, o repórter Afonso de Sousa falou com o veterinário antes de uma ação de sensibilização com várias crianças de um infantário da cidade transmontana.

Sobre a ideia de que os burros são teimosos, o veterinário explica que não corresponde bem à realidade... "Os burros são animais dóceis e de fácil trato, mas nem sempre compreendidos", explica.

Aquilo que muitas vezes é tomado por teimosia, é, na verdade, "um grande sentido de autopreservação". Se acreditam que um obstáculo não pode ser ultrapassado, os burros preferem não se sujeitar a falhar. "São grandes estrategas de defesa", revela.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de