Arqueologia

"Um médico e um jogador" entre 60 corpos encontrados. Descoberta necrópole romana em Lisboa

Sessenta corpos e vários artefactos foram encontrados no local onde está hoje o Solar dos Presuntos, em Lisboa.

As obras de alargamento do restaurante Solar dos Presuntos desvendaram séculos de história da cidade de Lisboa. Foi descoberta uma necrópole romana com mais de 60 corpos e vários artefactos daquela época.

PUB

Os trabalhos de diagnóstico arqueológico começaram no final de 2016, no âmbito da intervenção no restaurante, e desvendaram logo vários vestígios. Agora, há certezas: aquele local abrigou um cemitério, fora da antiga Lisboa Romana.

"Estamos na antiga Olisipo. Estamos fora do núcleo central da Lisboa Romana. As Rua das Portas de Santo Antão seria uma das principais vias de acesso à cidade e os romanos tinham por hábito, na estruturação das suas cidades, de colocar as necrópoles fora das suas cidades, ao longo das vias", explicou à TSF o arqueólogo responsável pela exploração, Paulo Rebelo.

Naquela zona da capital portuguesa, já surgiram vários enterramentos da época romana, em lugares como a Praça da Figueira, junto à Casa do Alentejo e na Rua de Santa Marta.

"Lamparinas para iluminar o morto na vida do além"

Além das ossadas, no local foram ainda encontrados vários artefactos. "Descobrimos moedas, lucernas, que são uma espécie de lamparinas que serviam para iluminar simbolicamente o morto na vida do além, cerâmicas e pequenos artefactos para colocar no cabelo, possivelmente de uma mulher", revelou Paulo Rebelo, que desvendou uma curiosidade.

"Numa das sepulturas surgiram várias peças de jogo e um dado. (Tratamos o local) como a sepultura do jogador. E outra, apareceram vários instrumentos ligados à cirurgia, talvez de um médico cirurgião", disse.

  COMENTÁRIOS