"Estou de consciência tranquila. Não pratiquei qualquer ilícito"

O presidente do Benfica, que foi constituído arguido na Operação Lex, reagiu esta sexta-feira em comunicado e manifesta "total disponibilidade" para colaborar com a Justiça.

Luís Filipe Vieira diz que está de "consciência totalmente tranquila" em relação a um processo judicial "que tem alimentado as mais diversas especulações, algumas já desmentidas, sobre factos respeitantes à minha vida pessoal e enquanto Presidente do Sport Lisboa e Benfica."

"Afirmo, de forma perentória, que estou de consciência totalmente tranquila. Não pratiquei qualquer ilícito que me possa ser imputado. É, aliás, com enorme estupefação que vejo o meu nome associado a este processo. Nunca, ao longo dos meus sucessivos mandatos como dirigente e presidente do Sport Lisboa e Benfica, confundi ou misturei a minha vida pessoal e profissional com a instituição", pode ler-se no comunicado.

O presidente do Benfica afirma depois que confia na Justiça, mas "espero e exijo dela a pronta reposição e esclarecimento da verdade, para o qual manifesto a minha total disponibilidade".

O comunicado termina com Luís Filipe Vieira a tranquilizar "todos os meus amigos, todos os benfiquistas e portugueses em geral", acrescentando que "nada temo e que estou tranquilo porque estou seguro da minha conduta em todos os domínios da minha vida".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de