António Ventinhas

"Avaliar o sistema judicial por um único processo é extremamente redutor"

Em declarações à TSF, o presidente Sindicato dos Magistrados do Ministério Público comenta o despacho de acusação final da Operação Marquês.

António Ventinhas defende que a credibilidade do sistema judicial não pode, nem deve, ser avaliada por apenas um único processo.

O presidente Sindicato dos Magistrados do Ministério Público lembra que o processo da Operação Marquês tem "uma complexidade diferente" de outros processos, quer pelo volume de arguidos e documentos, quer pelo envolvimento de um antigo primeiro-ministro.

António Ventinhas admite que este processo vai ser longo, mas sublinha que o próprio sistema penal contribui para que assim seja.

Por sua vez, João Paulo Batalha, presidente da Associação Cívica Transparência e Integridade (TIAC), considera que a Operação Marquês mostra que a justiça em Portugal está a funcionar.

Preocupa-o, no entanto, que a classe política esteja a "fugir" do debate sobre "questões fulcrais sobre o funcionamento do Estado democrático".

  COMENTÁRIOS