Arguidos da Operação Lex já estão no Supremo Tribunal de Justiça

Entre os 12 arguidos do processo estão cinco detidos.

Os interrogatórios dos arguidos da 'Operação Lex' começaram por volta das 18h30 no Supremo Tribunal de Justiça (STJ), disse à Lusa fonte do STJ.

Entre os 12 arguidos do processo estão cinco detidos, devendo ser estes os primeiros a serem interrogados pelo juiz conselheiro Pires da Graça, a quem caberá a aplicação de medidas de coação.

Entre os arguidos estão os juízes desembargadores Rui Rangel e Fátima Galante, a mulher do magistrado, Rita Figueira, o presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, o vice-presidente do clube, Fernando Tavares.

A 'Operação Lex' investiga suspeitas de corrupção/recebimento indevido de vantagem, branqueamento de capitais, tráfico de influências e fraude fiscal.

Foram realizadas 33 buscas, das quais 20 domiciliárias, nomeadamente ao Sport Lisboa e Benfica, à casa de Luis Filipe Vieira e dos dois juízes e a três escritórios de advogados.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de