Militar da GNR ferida quando protegia Secretária de Estado de manifestantes 

O automóvel onde seguia a Secretária de Estado da Adjunta e da Educação foi rodeado por vários manifestantes de escolas do ensino privado.

Uma militar da GNR sofreu, este sábado, ferimentos ligeiros, na Mealhada, distrito de Aveiro, quando protegia a saída da secretária de Estado da Adjunta e da Educação, cujo automóvel foi rodeado por vários manifestantes de escolas do ensino privado.

Segundo a Câmara Municipal da Mealhada, os incidentes ocorreram junto ao Cineteatro Messias, quando a secretária de Estado Adjunta e da Educação, Alexandra Leitão, abandonava o cineteatro, no seu carro, após participar na abertura do 7.º Encontro com a Educação, promovido por aquele município.

"Uma multidão de gente, de vários estabelecimentos de ensino privado, que se manifestavam à porta em protesto contra a intenção do Governo de alterar a política dos contratos de associação, rodeou o automóvel da governante e no meio da confusão a militar da GNR acabou por cair no chão", refere um comunicado da autarquia.

Fonte do Comando Territorial de Aveiro da GNR disse à agência Lusa que, no "momento da confusão, a militar desequilibrou-se e caiu" e sofreu ferimentos, que a obrigaram a receber tratamento hospitalar, mas que às 13:40 já estava de novo ao serviço.

A mesma fonte adiantou que o incidente ocorreu cerca das 12:00 e que não houve nenhum manifestante identificado, por se ter tratado de um acidente e não de um ato deliberado.

A Câmara da Mealhada lamentou o caso e manifestou "a sua solidariedade à militar".

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de