Moto Clube de Faro garante segurança em concentração de motards

A 37.ª edição da Concentração Interacional de Motas de Faro começa esta quinta-feira, no Vale das Almas.

O Moto Clube de Faro assegura que tem montado o mesmo plano de segurança de anos anteriores e que nada foi alterado devido às recentes notícias que envolvem a detenção de membros do grupo motards Hells Angels.

José Amaro, presidente do Moto Clube de Faro, aguarda uma edição sem percalços. "Temos todo os planos de segurança previstos para alguma eventualidade que possa acontecer", sublinhou, esta quinta-feira, em conferência de imprensa, acrescentando, no entanto, que não é apanágio da concentração existirem problemas.

José Amaro referiu ainda esperar que todos os que visitem a concentração o façam com "espírito de motard - "um espírito livre, aberto e de confraternização".

Apesar de tudo, os Hells Angels vão continuar a ter uma banca própria no recinto, como todos os anos acontece.

O presidente da Câmara Municipal de Faro, Rogério Bacalhau, e o presidente da Federação de Motociclismo de Portugal, Manuel Marinheiro, fizeram questão de estar presentes na conferência de imprensa e mostrar o apoio ao Moto Clube de Faro.

O autarca de Faro sublinha que a segurança, tanto do evento como de todo o perímetro que o rodeia, está a ser pensada há muito e envolve várias entidades - desde o INEM às Forças de Segurança, passando pelo Aeroporto e Estradas de Portugal. "Está tudo coordenado para que no final possamos fazer um balanço positivo", acrescenta.

Nesta concentração, são esperados 18 mil inscritos, a maioria motociclistas espanhóis.

Estão previstos vários espetáculos musicais, por exemplo Xutos & Pontapés e Jorge Palma.

No domingo, haverá o habitual desfile de milhares de motas pela cidade.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados