"Mulheres submissas e homens que as escolhem." Mulheres do PS atacam SIC e TVI

Entidade Reguladora para a Comunicação Social já recebeu queixas. Mulheres Socialistas pedem ação da Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género.​

O Departamento Nacional de Mulheres Socialistas do PS "repudia de forma veemente" os programas que estrearam domingo à noite na SIC e na TVI em que homens procuram mulheres para casar ou namorar.

"Quem Quer Casar Com o Meu Filho?" e "Quem Quer Namorar Com o Agricultor?" têm gerado críticas e Elza Pais, presidente da estrutura feminina do Partido Socialista, confessa à TSF que ficou espantada com "tudo" o que se viu nestes programas: "Imagens estereotipadas de género que contrariam o princípio da igualdade constitucionalmente garantido".

A dirigente socialista diz que não querem colocar em causa o princípio da liberdade de imprensa, "mas no cumprimento da liberdade de imprensa, estes estereótipos não deviam ser veiculados pela própria imprensa". "Há limites que não podem ser ultrapassados", afirma.

Elza Pais diz que estes programas merecem o "mais veemente repúdio das Mulheres Socialistas: as imagens de mulheres submissas e homens que as escolhem,... como também mulheres sujeitas, inclusivamente, à opinião de outra mulher, a hipotética futura sogra..."

Razões e limites alegadamente "ultrapassados", que levam o Departamento Nacional de Mulheres Socialistas do PS a pedir uma reação à Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género (CIG) da Presidência do Conselho de Ministros, à semelhança do que aconteceu no passado.

A Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) confirmou à TSF que recebeu já nesta segunda-feira queixas a propósito dos programas "Quem quer casar com um Agricultor?" e "Quem quer casar com o meu filho?", sem adiantar, no entanto, o número de participações em causa.

Falando em "machismo e sexismo em todo o seu esplendor", a associação feminista Capazes já apelou ao boicote destes reality shows, sublinhando que "dois dias depois de assinalarmos com estrondo o Dia Internacional das Mulheres e a importância da luta pela Igualdade, a TVI e a SIC apresentam dois formatos absolutamente degradantes para as mulheres. Programas em que as mulheres são postas a competir pelo macho Alfa e pelo seu dote, sujeitando-se às maiores humilhações e fazendo-nos, a todas e todos, recuar ao século passado."

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de