O portão continua fechado nos silos da Linha de Sintra

O contrato de concessão dos silos é assinado esta terça-feira, mas o presidente da câmara de Sintra não avança com uma data para a sua abertura.

Quem mora na linha de Sintra e utiliza o comboio ou passa no IC19, na famosa curva do Cacém, já reparou num edifício de cimento junto à estação, com muitos grafítis.

Basílio Horta remete explicações sobre o atraso para o governo anterior

00:0000:00

É um silo automóvel, concluído há pelo menos três anos, mas nunca foi usado. Nas mesmas condições, está um edifício, por baixo da entrada para a estação de Massamá-Barcarena.

O presidente da câmara de Sintra promete um tarifário modesto

00:0000:00

Os únicos silos para estacionamento automóvel da Linha de Sintra foram construídos na última fase da quadruplicação da linha de Sintra, concluída em 2013.

Basílio Horta explica que o objetivo não é ganhar dinheiro

00:0000:00

Esta segunda-feira é dado mais um passo para que possam ser úteis, e cumprir a missão para que foram construídos.

O presidente da câmara de Sintra promete brevidade

00:0000:00

O governo testemunha o contrato de concessão assinado entre a Infraestruturas de Portugal, dona dos edifícios, e a Câmara de Sintra, que os vai gerir.

Basílio Horta, o presidente da câmara de Sintra, não avança, na TSF, com uma data para abrir as portas dos silos. Mas garante que a câmara não procura ganhar dinheiro, e encontrará um tarifário modesto. A assinatura destes contratos insere-se na semana europeia da mobilidade.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados