Petição quer aborto fora da escola

Um grupo de cidadãos quer "rasgar" a proposta do ministério da Educação para que o aborto seja incluído no programa de Educação Sexual do 5º e 6º ano.

É ainda uma proposta do ministério da educação, está em discussão publica, mas já está a correr uma petição na internet para que a interrupção voluntária da gravidez fique fora do programa de educação sexual do 5º e 6º ano.

O Governo propõe que o tema do aborto comece a ser abordado nas escolas junto de crianças com idades entre os 11 e os 12 anos.

A petição foi publicada no site da organização não governamental Citizen Go, Manuel Matias um dos promotores da petição, que tem como titulo "aborto como educação sexual em Portugal diga não" adiantou a Rui Silva da TSF as razões que o levaram a promover esta iniciativa.

Manuel Matias sublinha quais são os objectivos desta petição

00:0000:00

Manuel Matias defende que este é um assunto que devia ser abordado mais tarde com jovens com outra maturidade.

Até agora, mais de cinco mil pessoas assinaram a petição. Manuel Matias , diz que o objetivo é atingir, pelo menos o dobro das assinaturas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de