PJ quer ouvir Jaime Marta Soares

O presidente da Liga dos Bombeiros acredita que a origem do incêndio de Pedrogão Grande teve "mão criminosa".

A Polícia Judiciária quer ouvir o presidente da Liga dos Bombeiros sobre como começou o fogo de Pedrogão Grande. No Fórum TSF desta quarta-feira, Jaime Marta Soares lembrou que o incêndio começou cerca de duas horas antes das trovoadas e acredita, por isso, que teve "mão criminosa".

O incêndio levou à morte de 64 pessoas. Começou no sábado e acabou por se estender a Góis. Dezenas de pessoas fora retiradas de casa, 204 ficaram feridas. Mais de 2 mil bombeiros estão no terreno.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados