Caça ao homem continua. Moradores podem retomar a vida normal

Com o nascer do dia, o presidente da União de freguesias de Carvalhais e Candal aconselha o retomar das rotinas diárias. Também a GNR diz que os moradores podem retomar as suas atividades.

A noite foi passada de portas e janelas fechadas, por recomendação da polícia, que continua a procurar o homem suspeito de ter disparado contra três militares da GNR e um casal, ontem em Aguiar da Beira.

Com o nascer do dia, o presidente da União de freguesias de Carvalhais e Candal, José Carlos Almeida, aconselha o retomar das rotinas diárias "até porque a vida tem de correr para estas pessoas, e não podem estar limitadas por uma situação que está a acontecer, por mais perigosa que seja".

José Carlos Almeida aconselha os moradores a fazerem as suas vidas normais, apesar de a caça ao homem ainda estar em curso

00:0000:00

Em declarações na TSF, José Carlos Almeida deixou ainda um elogio os moradores por terem cumprido todas as indicações das autoridades. "Mantiveram-se em casa com as portas e janelas fechadas", sublinhou o autarca.

Também a GNR informou em comunicado que todos os residentes das localidades de Candal, Póvoa das Leiras e Coelheira, em S. Pedro do Sul, podem regressar às suas atividades diárias, não sendo necessário manter aquelas medidas durante o dia.

"A GNR tem presente no local um forte dispositivo que pretende garantir, em primeiro lugar, a segurança de todos os habitantes", refere o texto.

No comunicado, a GNR adiantou que a Estrada Nacional 326, que faz a ligação entre as localidade de S. Pedro do Sul e Arouca, está aberta ao trânsito.

Contudo, a guarda deixou um apelo para que as pessoas se mantenham atentas, devendo em casos suspeitos ser alertada de imediato a GNR, através do número de telefone 232 467 940 ou do número de emergência 112.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de