As crianças devem sentir que não há problema em chorar

É preciso falar de inteligência emocional com as crianças, em casa e na escola. É a opinião da psicóloga Inês Afonso Marques, que defende que é muito importante não ter medo de falar de emoções.

"Para seremos pessoas felizes e termos sucesso na vida, para termos uma boa inteligência emocional, sermos capazes de reconhecer emoções, de adaptar o nosso comportamento e regular as nossas emoções é cada vez mais importante, do ponto de vista escolar, a introdução de temas de inteligência emocional. E quem diz na escola, diz em casa também", defende a psicóloga Inês Afonso Marques.

A psicóloga e psicoterapeuta infantojuvenil afirma que há muitas famílias "onde não se fala de emoções, e onde não se expressam emoções", mas é importante abordar o tema. Para uma boa inteligência emocional, as crianças devem sentir que não há problema em chorar ou em mostrar que estão zangadas. "Falar é importante", ajuda a enquadrar, conclui.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados