Imuno-oncologia: "uma possibilidade muito real de cura" para alguns cancros

A TSF divulga o primeiro estudo científico que avalia o consenso estratégico sobre o valor da imuno-oncologia em Portugal.

A imuno-oncologia é já utilizada em vários hospitais portugueses para tratamento do melanoma avançado, tumores do pulmão e rim e, os resultados, revelam um aumento expressivo na sobrevivência e na qualidade de vida dos doentes.

A jornalista Sofia Morais conversou com o investigador Bruno Silva Santos, vice-presidente do Instituto de Medicina Molecular

00:0000:00

Nos Estados Unidos, há casos em que os doentes estão, há quase uma década, sem sinais de cancro, o que leva os investigadores a defenderem que, em alguns tumores, nomeadamente no melanoma, a imuno-oncologia representa a cura.

Este estudo da Universidade Católica reuniu o contributo de cerca de 30 pessoas, ligadas à investigação, comunidade médica, associações de doentes e decisores políticos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de