Cérebro revela se vamos ter problemas de saúde mental logo na adolescência

Um estudo indica que os cérebros dos adolescentes podem revelar se irão sofrer de problemas como depressão ou esquizofrenia no futuro.

Problemas de saúde mental como a esquizofrenia ou a depressão podem ser detetados anos antes de se manifestarem. A resposta está na análise à estrutura do cérebro ainda durante a fase de adolescência, segundo um estudo da University of Cambridge e da University College of London.

Uma investigação concluiu que os cérebros dos jovens podem revelar se os indivíduos irão desenvolver problemas de saúde mental no futuro. O estudo envolveu cerca de 300 jovens com idades entre os 14 e os 24 anos.

"A adolescência pode ser um período de transição difícil e é quando tipicamente se veem os primeiros sinais de problemas de saúde mental", disse Ed Bullimore, chefe de psiquiatria na Universidade de Cambridge, ao jornal The Independent.

A explicação está no facto de "durante os anos de adolescência, as regiões do cérebro que se desenvolvem mais depressa serem as que estão mais ligadas aos genes relacionados com o risco de doenças como a esquizofrenia", explica o médico. É nesta altura de transformação que se refinam os detalhes do cérebro.

Os investigadores concluíram que uma análise detalhada destas regiões particulares do cérebro pode revelar a futura incidência de problemas de saúde mental e ajudar a combatê-las mais precocemente.

Portugal apresenta uma das mais elevadas prevalências de perturbações mentais, sendo que o consumo de antidepressivos é superior à média da União Europeia em cerca de 4%.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de