tsf pais e filhos

Erros alimentares das crianças são responsabilidade dos pais

Ou porque compensam com doces, ou porque não dão o melhor exemplo, os pais acabam por cometer erros na alimentação dos filhos. O alerta é da nutricionista Helena Canário.

"Dar a uma criança com menos de 12 meses refrigerantes como um ice tea, que é uma bebida que os pais consideramque não faz mal, mas que tem imenso açúcar" é um erro crasso, defende a nutricionista Helena Canário.

PUB

A nutricionista acredita que "a maioria dos erros acaba por ser a compensação que se dá porque não se está todos os dias, ou porque os meninos estão no infantário e os pais não estão presentes na hora da refeição".

"Provavelmente, no momento em que estão juntos, os pais não querem ser os maus da fita", afirma Helena Canário, que reconhece que dizer sim é mais fácil. "Por isso, muitas vezes os pais vão prevaricando e oferecem às crianças alimentos que não são os mais saudáveis."

Outras vezes, o problema deriva do exemplo e por desconhecimento, ou não, os pais cometem erros alimentares: "Os hábitos da criança refletem os hábitos da família." "A maioria das crianças tem alguma relutância em consumir fruta e vegetais, mas isto porque, se calhar, os seus pais não os consomem em quantidade", sublinha Helena Canário.

  COMENTÁRIOS